“Dói muito, mas eu não vou parar. A minha não-desistência é o que de melhor posso oferecer a você e a mim neste momento.”
Caio Fernando Abreu.  (via auroriar)

“Não culpo você, não culpo a mim, não culpo a Deus e nem mesmo o meu coração. Não deu certo simplesmente porque não tinha que dar.”
Quotizou.  (via auroriar)

“E enquanto uma chora, outra ri; é a lei do mundo, meu rico senhor; é a perfeição universal. Tudo chorando seria monótono, tudo rindo cansativo; mas uma boa distribuição de lágrimas e polcas, soluços e sarabandas, acaba por trazer a alma ao mundo a variedade necessária, e faz-se o equilíbrio da vida.”
— Machado de Assis (via docismo)

http://docismo.tumblr.com/post/98679521582

docismo:

A cena mostra ambos deitados na mesma cama, vestidos, conversando, quando começam a apagar lentamente, vencidos pelo cansaço. Antes de sucumbir ao mundo dos sonhos, ele ainda tem o impulso de tocar nela, que está ao seu lado, em posição fetal. Pousa, então, a mão no pé dela, que está descalço. E…



“Aprendi que amores eternos podem acabar em uma noite, que grandes amigos podem se tornar grandes inimigos, que o amor sozinho não tem a força que imaginei. Que ouvir os outros é o melhor remédio e o pior veneno, que a gente nunca conhece uma pessoa de verdade, afinal, gastamos uma vida inteira para conhecer a nós mesmos. Que os poucos amigos que te apoiam na queda, são muito mais fortes do que os muitos que te empurram. Que o “nunca mais” nunca se cumpre, que o “para sempre” sempre acaba, que minha família com suas mil diferenças, está sempre aqui quando eu preciso. Que ainda não inventaram nada melhor do que colo de mãe desde que o mundo é mundo, que vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo. Que vou cair e levantar milhões de vezes, e ainda não vou ter aprendido tudo.”
William Shakespeare. (via auroriar)

“Minha esposa ficou doente. Ela estava constantemente nervosa por causa de problemas no trabalho, vida pessoal, suas falhas e seus filhos. Ela perdeu 30 quilos e ponderadas cerca de 90 quilos. Ela ficou muito magra e estava constantemente a chorar. Ela não era uma mulher feliz. Ela sofria de contínuas dores de cabeça, dor no coração e nervos atolados em suas costas e costelas. Ela não dormia bem, cochilava apenas no período da manhã e se cansava muito rapidamente durante o dia. Nosso relacionamento estava à beira de uma ruptura. Sua beleza foi deixada em algum lugar, ela teve as bolsas sob os olhos, ela não estava penteando seu cabelo, e parou de cuidar de si mesma. Ela se recusou a filmar os filmes e rejeitou qualquer papel. Eu perdi a esperança e pensei que nós íamos nos divorciar em breve… Mas então eu decidi agir. Depois de tudo, eu tenho a mulher mais linda do mundo. Ela é o ídolo de mais de metade dos homens e mulheres da terra, e eu era o único autorizado a dormir ao lado dela e abraçá-la. Eu comecei a regá-la com flores, beijos e elogios. Eu fiquei surpreendido e agradado a cada minuto. Eu dei-lhe um monte de presentes e vivia só para ela. Eu falei em público apenas sobre ela. Eu incorporei todos os temas em sua direção. Elogiei-la na frente de si própria e de nossos amigos em comum. Você não vai acreditar, mas ela floresceu. Ela tornou-se melhor. Ela ganhou peso, não estava mais nervosa e me amava mais do que nunca. Eu não tinha ideia de que ela podia amar tanto. E então eu percebi uma coisa: a mulher é o reflexo do seu homem. Se você a ama, a ponto de loucura, ela vai se tornar isso.”
Brad Pitt. (via auroriar)

“Era por volta da meia noite, achei um chip antigo meio riscado no fundo da minha gaveta, resolvi testar pra ver se ainda prestava pra alguma coisa, e pra minha surpresa ele funcionava muito bem. Comecei a vasculhar a memória e achei uma sms que tinha ficado salva, e li algo muito curioso, era de 2010, e lá dizia: “Saiba que indepente de qualquer coisa, eu estarei ai do seu lado te protegendo.” Dois anos se passaram desde então, e a pessoa que me mandou essa mensagem simplesmente sumiu da minha vida. E não era que o maldito chip prestava mesmo? Prestava pra me fazer lembrar que promessas escritas viram memórias abandonadas num piscar de olhos.”
Sean Wilhelm.   (via auroriar)

“Choro fácil demais. Tenho sentimentos de sobra. Sou frágil e tenho dó de todo mundo. Sou bonzinho até demais e sentir demais sempre me atrapalha.”
Marcello Henrique. (via sou-inseguro)

“Não guardo rancor, mas também não tenho amnésia.”
Desconhecido. (via auroriar)